Perdoar a si mesmo é essencial

segunda-feira, 05 de julho de 2021

Todo mundo já ouviu que perdoar os outros é libertador, que nos faz bem e que é super necessário. Porém, um assunto menos discutido é o fato de que também precisamos nos perdoar pelos nossos erros. Mesmo com a crença de que ninguém é perfeito, na maioria das vezes, esquecemos que isso inclui nós mesmos e o resultado é que nos torturamos eternamente nos culpando por algo que já fizemos.

 

Não existe uma pessoa que não tenha dito ou feito algo errado na vida, e obviamente, não estou falando para você não ter a responsabilidade de assumir seus atos, afinal, se não sentíssemos culpa ou vergonha de nossos atos incorretos, imagina aonde estaria a humanidade estaria agora?

 

A questão é que é que repudiar a si mesmo não te levará a lugar algum. Por isso, o auto perdão é tão importante, já que ele envolve o fato de você se enxergar com compaixão e se perdoar. Assim, além de você mudar a percepção que você possui sobre si mesmo, você vai conseguir seguir em frente e tirar esse peso das costas.

 

O que acontece quando não praticamos o auto perdão?

Quando levamos o sentimento de culpa, vergonha e raiva de nós mesmos por muito tempo, acabamos criando uma imagem negativa de nós mesmos e isso vai estimulando ao desenvolvimento de uma baixa autoestima. É possível, que se esse sentimento durar por muito tempo, você comece a acreditar que realmente “é uma pessoa ruim”, e então os comportamentos negativos podem se tornar ainda mais frequentes e assim, a culpa aumenta e a situação se torna cada vez mais um ciclo complexo de se sair.

 

E o que acontece quando praticamos o auto perdão?

Além de seguirmos em frente, desenvolvemos mais esperança para o futuro, pois começamos a compreender que não é porque uma pessoa errou que ela não pode se tornar uma pessoa melhor. Isso, além de nos trazer uma visão mais otimista da vida, também nos ajuda no processo de perdoar os outros. Quando compreendemos nossos erros, também aprendemos a não errar e assim, também nos tornamos mais sábios.

 

Como podemos praticar o auto perdão?

Existem algumas atitudes que você pode tomar para te ajudar nessa longa jornada de aprender a perdoar a si mesmo. É importante ressaltar que cada um leva o seu tempo para esse processo e o importante é estar caminhando, independente da sua velocidade.

 

O que está feito, não tem mais como mudar

Não temos a possibilidade de mudar o passado então não adianta ficarmos perdendo horas pensando excessivamente no que poderíamos ter feito para as coisas serem diferentes, isso apenas gasta nossas energias. O importante é aprender com os próprios erros e não os realizar novamente.

 

Enxergue suas mudanças e motivos

Todos os dias de nossas vidas estamos mudando e amadurecendo, e cada experiência nos transforma profundamente. Assim, quando erramos e aprendemos com nossos erros, nos tornamos uma pessoa melhor e precisamos enxergar isso para conseguirmos seguir em frente.

 

Reflita o quanto você mudou e o que causou essas mudanças, quais eram os seus motivos e intenções. Tenha um momento de autorreflexão para esclarecer a sua jornada.

 

Descubra mais sobre você mesmo

Todas as pessoas possuem defeitos e um lado mais sombrio que geralmente tentamos ignorá-lo pois ninguém gosta dos próprios problemas. Porém, quando você começa a compreender mais esse seu lado, é mais fácil que você consiga evitar que ele aflore e te leve a fazer coisas que depois você irá se arrepender.

 

Contudo, não deixe também de ter esse mesmo processo com suas qualidades e pontos positivos, pois isso é uma maneira de praticar o amor próprio, que faz parte do auto perdão; afinal, sempre temos mais facilidade em perdoar aqueles que amamos.

 

Coloque tudo “para fora”

Acumular sentimentos negativos pode nos fazer muito mal, contudo, cada ser humano possui sua maneira particular de colocar para fora.

 

Algumas pessoas conseguem colocar através da arte e criatividade, ou seja, elas podem escrever poemas, pintar, compor músicas, etc. Já outras, preferem colocar através da energia e assim podem ir correr, praticar uma luta ou até mesmo dançar.

 

Caso você não consiga colocar tudo para fora através das maneiras acima, você também pode fazer um ritual para te ajudar a se libertar. Uma sugestão simples é através da liberação pelo fogo; em um papel você escreverá tudo aquilo que deseja liberar; coloque esse papel dentro de uma bacia ou tigela (para você não se queimar) e com um isqueiro queime esse pedaço. Observe enquanto queima e repita que você está se libertando da sua culpa (ou o sentimento ruim que você está sentindo).

 

Por Juliana Mencarini

 

 

 

Acesse a loja da Vibe, só aqui você encontra os melhores produtos místicos e esotéricos.

Compartilhar:

Leia Também